Sustentabilidade

SANTA CRUZ OCEAN SPIRIT TEM "SÊ-LO VERDE" EM 2017

Decorreu no dia 31 de maio, na Gare Marítima de Alcântara em Lisboa, a cerimónia de assinatura dos contratos do Programa "Sê-lo Verde", entre o Estado Português, pelo Fundo Ambiental, e diversas entidades, entre as quais a Promotorres EM, tendo como objeto a implementação de medidas de valorização e promoção da vertente ambiental do evento Santa Cruz Ocean Spirit, num valor máximo global de financiamento que ronda os 18 mil euros.

O Ocean Spirit tem a sua 11.ª edição de 14 a 23 de julho e conta, desde a primeira edição, com uma forte componente de sensibilização e preservação ambiental, quer pela existência de serviços educativos que desenvolvem atividades de informação ambiental junto dos mais novos, pela preocupação de preservação dos oceanos, recolha de beatas, prevenção e controlo de ruído, monitorização das areias, distinção de melhores práticas ambientais junto dos bares participantes, bem como pela recolha seletiva de resíduos resultantes da realização do evento.


O Fundo Ambiental visa apoiar as políticas ambientais para a prossecução dos objetivos do desenvolvimento sustentável, contribuindo para o cumprimento dos compromissos relativos às alterações climáticas, recursos hídricos, aos resíduos e à conservação da natureza e da biodiversidade, financiando entidades, atividades ou projetos que cumpram os objetivos. Neste sentido, e considerando que existe um montante para apoio a ações ambientais em festivais de música, em articulação com a designação "Festival Verde" a atribuir pelo Ministério do Ambiente, o Santa Cruz Ocean Spirit recebe assim este financiamento para prosseguir a valorização e promoção da sua vertente ambiental.

 

AS 4 MEDIDAS FINANCIADAS:

CERTIFICAÇÃO 3R6
Esta certificação garante que os resíduos produzidos no Santa Cruz Ocean Spirit são adequadamente encaminhados para o destino final, seguindo a hierarquia de gestão dos 3R: reduzir, reutilizar e reciclar. A metodologia foi definida pela Sociedade Ponto Verde, detentora da marca, e implementada por uma equipa de consultores da Ponto Verde Serviços. O objetivo é a redução da produção de resíduos e a maximização das quantidades enviadas para reciclagem, duas ações com impacto muito positivo na redução da pegada de carbono.
Com a certificação 3R6 a separação de resíduos é feita em ecopontos e contentores para deposição seletiva, com uma forte aposta na informação sobre o que deve ou não deve ser depositado. Por outro lado, com esta certificação garante-se que a recolha seletiva de resíduos está ao alcance de todos os utentes do espaço/evento e que há uma efetiva aferição da quantidade de resíduos produzida e encaminhada para reciclagem.
Em 2016, foram recolhidos 4.045kg de resíduos diferenciados no âmbito deste festival, dos quais: 560kg eram papel, 1.905kg embalagens e 1.580kg vidro. Paralelamente foram recolhidos 5.800kg de lixo indiferenciado.

 

CERTIFICAÇÃO CARBONO ZERO
O Carbono Zero é marca de referência no cálculo e compensação de emissões de carbono disponibilizada pela Ponto Verde Serviços, que permite fazer o sequestro das emissões através de créditos de carbono com origem na floresta nacional ou em standards de referência internacionais. Enquanto marca pioneira em Portugal no mercado de compensação voluntária de emissões de Gases de Efeito de Estufa, a certificação Carbono Zero atua na prevenção, quantificação, redução e compensação das emissões resultantes das atividades, neste caso do evento Santa Cruz Ocean Spirit.
Ou seja, o Santa Cruz Ocean Spirit, voluntariamente, compensará as emissões de CO2 que não conseguir reduzir ou evitar, apoiando ou desenvolvendo projetos que promovam a captura de quantidades equivalentes de Gases de Efeito de Estufa através, por exemplo, da plantação de floresta nacional, e assim compensar o respetivo impacto no meio ambiente.

 

PREVENÇÃO E CONTROLO DE RUÍDO

MONITORIZAÇÃO DAS AREIAS